Corona vírus ocasiona crises no relacionamento

Em tempos de pandemia, muitas rotinas mudaram, comportamentos de desestabilizaram, o emocional se abalou, e no meio de tantas alterações, diversos relacionamentos tiveram dificuldades.

A convivência aumentou, e essa é uma das razões que pode ter contribuído para uma crise se instalar no relacionamento. Mesmo falando sobre a convivência, não é apenas ela capaz de desestruturar o casal, mas como ambos lidam com as situações que vão se apresentando de forma negativa.

Além dos casais passarem muito tempo, ou quase todo o tempo juntos, apareceram outros conflitos, como o afastamento do ambiente de trabalho, a interrupção de atividades e rotina, aumentou o tempo ócio, as preocupações, medos, afastamento de outros membros da família e de amigos, questões financeiras, entre outros tópicos que podiam estar presentes nesse momento, desestabilizando o emocional, e assim sendo, se instalando alguns possíveis conflitos internos e que refletiram no casal.

Conversando com alguns casais, todos tiveram queixas dessa convivência, que foi um período difícil, pontuando que os conflitos aumentaram, os desentendimentos ocasionaram em brigas e ofensas, comportamentos nunca manifestados estavam presentes, entre outros relatos.

Analisando todo esse contexto e queixas, e após também retornarem as suas atividades, percebe-se que a maior dificuldade está na comunicação entre ambos. Quando o casal possui uma boa comunicação de forma assertiva, mesmo com o surgimento dos desentendimentos, é possível que os dois consigam transpor o que ocasionou uma briga ou apenas um desentendimento. Agora, quando existe uma falha nessa comunicação, já será o suficiente para tonar o momento muito mais difícil e complicado de resolver.

E é justamente nesse ponto, na comunicação, que percebo o quanto os casais falham.

Por mais que outras dificuldades estavam e estão presentes, e que refletiu em algum comportamento com o outro, é possível olhar para este momento como uma forma de reaprender e agir de forma diferente em outros contextos, bem como olhar o outro com empatia e respeitar também as emoções advindas das preocupações momentâneas.

Muitos já retornaram as suas atividades profissionais, mas a dificuldade vivenciada anteriormente é arrastada até hoje. E como o casal lida com isso?

No primeiro momento, é importante o casal identificar que muitos conflitos foram ocasionados por questões externas ao casamento. Um exemplo, seria a preocupação em entrar em contato com o vírus COVID-19, ou também a dificuldade financeira por conta da paralização profissional, ou até mesmo o distanciamento de outros familiares. E isto acabou refletindo na forma de se sentir e de se comportar com quem está mais próximo.

Conversar sobre, pontuar as insatisfações e conflitos se torna importante no diálogo desse casal em crise, para que consigam trazer um novo olhar, ressignificando essa crise e a forma como cada um manifesta as suas emoções.

Alguns, tinham ou construíram barreiras, e houveram afastamentos.

Procurar uma ajuda especializada da psicote

rapia de casal pode ajuda-los a identificar as dificuldades, e trazer esse novo olhar dito anteriormente, e direcionar para uma busca de equilíbrio emocional consigo e com o próximo, harmonizando a convivência entre este casal.

Quanto maior for o tempo arrastado com os conflitos, mais influência negativa terá sobre o casal. Portanto, busquem resolver, conversem, e caso haja dificuldade nesse entendimento, busque o auxilia da psicoterapia de casal.

Adriana Visioli

0 visualização

(45) 999149967 - (45) 32250123

©2020 por Psicologia e Sexologia Adriana Visioli. Orgulhosamente criado com Wix.com